terça-feira, 29 de outubro de 2013

Frustração: como lidar com ela?

Com 0 Comentario
Cão mordendo a calça de um homem

Sabe aquela sensação horrível de que algo está atrapalhando você a concretizar um sonho ou um desejo? Esse sentimento ganhou o nome de frustração e, na minha opinião, é um dos sentimentos mais difíceis que o ser humano tem que administrar, principalmente quando este está dando o seu melhor para alcançar alguma meta e o que impede independe dele.

A impressão que temos é de que o mundo está sendo injusto com a gente, porque não vemos o resultado da força e empenho que estamos empregando em determinada ação. Mas nem sempre a vida é do jeito que esperamos e nem sempre é possível conquistar tudo que se almeja. Então como sobreviver a essa sensação tão ruim?

Autoanálise

O primeiro passo é observar como você se comporta diante da frustração e porque se comporta dessa forma. Algumas pessoas tendem ficar deprimidas ou se fechar, outras modificam seus planos e seguem em frente ou tentam novamente com uma determinação ainda maior. A sua forma de lidar com isso é a mais produtiva?

Avaliação

Sabe aquela história de “o que não tem remédio, remediado está”? Então. É importante avaliar se o obstáculo que te impede de alcançar determinada meta pode ser eliminado. Caso não possa... O melhor é não se chatear mais com o assunto. Caso possa, vale a pena se esforçar um pouco mais.

Ação

Considerou que o objetivo é possível? Então esse é o momento de pensar em formas alternativas de atingi-lo. Faça uma lista de alternativas e pondere a viabilidade de cada uma. Elimine as inviáveis. Feito isso restam as alternativas plausíveis. Avalie e coloque no papel as consequências positivas e negativas de cada alternativa. Opte por aquela que tiver mais consequências positivas do que negativas.

Claro que não há receita de bolo para lidar com sentimentos. Todos temos características diferentes e reagimos de formas diferentes às situações cotidianas. Pode ser que o meu jeito de resolver as coisas seja diferente do seu, por isso, vale lembrar que esse post é uma orientação que você pode adequar ao seu jeito. O que não dá é pra viver sempre frustrado, né?

Bjoko,
Isa.

+1

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Tecnologia do Blogger.