terça-feira, 19 de maio de 2015

The f*ck buddy zone

Com 0 Comentario
Todo mundo já se envolveu com alguém de quem gostava muito e que não estava na mesma vibe. Os motivos para essa pessoa não querer dar um passo adiante com você podem ser os mais variados, mas o resultado raramente muda: você acaba criando uma baita ilusão de que a pessoa vai acabar, uma hora ou outra, enxergando que não há ninguém no mundo mais perfeito pra ela do que você. Ela não enxerga e você acaba magoada, com aquela sensação de “por que diabos desperdicei meu tempo e energia nisso?”.

É... As leis do coração não fazem sentido e nem são justas. E aí, entre a fase da ilusão e a da queda da ficha, acontece um período que eu chamo de “f*ck buddy zone”. Assim como na friendzone, a f*ck buddy zone é um buraco sem fundo emocional.

Você fica ali, do lado da pessoa o tempo todo, se esforçando ao máximo para fazer com que ela veja que você é especial. E, claro, fazendo de conta que não vê a falta de futuro da situação. Vocês se encontram regulamente e ele, que não é burro, te oferece migalhas de amor e esperança, deixando no ar um certo cheiro de incerteza.

Como um tubarão que encontra sangue na água, você acredita que algo está por vir, até que encontra um ser humano delicioso dentro de uma gaiola em que você, querida, nunca vai entrar. Mas por que o sangue na água então? Simples! Pra te atrair e te tornar objeto de diversão. E você, bobinha que é, continua entrando no jogo e rodeando a gaiola em busca de uma abertura, para o prazer e diversão de quem está de dentro.

O que fazer então? Eu queria poder dizer que é fácil e consolar seu doce coração... Mas não é. O que dá pra fazer é ficar atenta a alguns sinais e cair fora (rápido) se eles aparecerem:

- Você já foi bem clara sobre sentir algo por ele, mas ele se faz de desentendido ou confuso.
- Ele se comporta como um querido antes de transarem, mas depois parece estar com pressa de ir embora.
- Ele some durante o final de semana, nunca te leva pra conhecer os amigos, daí aparece tipo numa p*ta quarta-feira parecendo apaixonado e te chama pra sair. Só vocês dois, claro.
- Ele demonstra gostar de você em alguns momentos, mas em outros parece distante. Se você pergunta o motivo, ele muda de assunto.
- Ele nunca fala claramente sobre futuro com você. Mesmo que seja sobre a festa de aniversário da sua avó no final de semana que vem. Parece que ele está sempre pronto pra cair fora, sem deixar nada por desmarcar pra trás.
- Ele sempre desabafa com você, te faz sentir imprescindível, uma excelente conselheira, quase uma melhor amiga. Mas apesar de todas as suas qualidades e do sexo ótimo, ele não se compromete com você.

Se identificou com mais de dois sinais? Então você está definitivamente na f*ck buddy zone e, seja realista, você está se permitindo ficar nela. Quem acompanha o blog sabe que eu sempre digo que não tem receita quando se trata de relacionamentos. Talvez ele só esteja acomodado e precise de um empurrãozinho... Talvez ele só demore um pouco pra se envolver emocionalmente com alguém... Mas quer saber meu principal chute? Ele provavelmente está super tranquilo curtindo o melhor da solteirice, e sabendo que a melhor amiga com benefícios está ali esperando quando ele quiser ou precisar. O melhor dos dois mundos num só pra ele, trap infinita pra você.

Bjoko,

+1

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Tecnologia do Blogger.