segunda-feira, 23 de novembro de 2015

"Ele tem 19"

Com 6 Comentarios
Demi Moore e Ashton Kutcher

Como uma pessoa que adora pessoas, relacionamentos são muito importantes pra mim. Apesar de não ser parte do plano pra esse ano, me apaixonei perdidamente por um moço bonito e estamos namorando (e bem felizes, modéstia à parte) há cinco meses. A gente é louco um pelo outro... Mesmo com a diferença de idade (que parece ser gritante pra muita gente). São 10 anos de diferença. Acho que as pessoas veriam isso de uma forma mais natural se fosse ele que tivesse 29 e eu 19, mas não é esse o caso.

Quando conto que meu namorado é 10 anos mais novo, as reações das pessoas variam entre “Nossa, mas você tem 29 anos? Nem parece!” e “Pegou pra criar, hein?”. Não fico constrangida, mas sim um pouco chateada com os comentários e piadinhas. O problema do “pegou pra criar” é que, além de grosseiro, é uma opinião muito superficial. Quem faz esse tipo de comentário tem uma visão bem simplista de que a pessoa mais velha é também mais experiente e madura, e, consequentemente, está ensinando mil coisas pra pessoa mais nova. OK, entendo seu ponto de vista. Mas qualquer relacionamento, independentemente da idade do casal, não é uma troca de experiências? Mesmo que as duas pessoas tenham a mesma idade, não tem sempre uma das duas que tem mais experiência ou maturidade?

Pensando nisso, resolvi contar pra vocês um pouco do que aprendo e vivencio no meu relacionamento e o motivo de achar o relacionamento entre pessoas de diferentes idades (lembrando que falo de maiores de idade, pelo amor de Deus!) pode ser produtivo e enriquecedor (e muito) também pra pessoa mais velha.

1 – Descobrir novas bandas, lugares, sabores...

Aos 29 anos eu já estou bem cheia de manias e “velhos hábitos”. Escuto as mesmas bandas desde a faculdade, sempre opto pelos lugares de sempre, sei o que gosto e o que não gosto em relação a quase tudo nessa vida. Namorar alguém mais novo tem me jogado num abismo delicioso de novas experiências! E confesso que sair da zona de conforto tem sido ótimo.

2 – Ter um parceiro menos amargo e desiludido

Namorar alguém que não passou por grandes experiências negativas é revigorante. É muito legal ver a pessoa se jogar nas coisas sem os receios e medos que a experiência traz. Te faz ver que você também pode assumir alguns riscos. E não deixa de ser bom pra pessoa mais nova também, que se souber ouvir e absorver um pouco da sua experiência, vai evitar de quebrar a cara em alguns momentos.

3 – Ter ânimo pra sair mais

Depois da faculdade, a correria do trabalho diminui o ritmo da vida social e a gente fica um pouco menos afim de baladinhas. O casal de idades diferentes que encontra o equilíbrio entre o pique pra baladas de um e o ritmo mais caseiro do outro acaba saindo pra lugares selecionados a dedo, com pessoas legais, e de quebra economiza grana!

4 – Sexo

Preciso falar? Rsrs...

5 – Derrubar velhos conceitos

Namorar alguém mais novo te faz repensar muita coisa. Mesmo quando vocês estão discutindo assuntos sobre os quais você já tinha uma opinião formada, você pode se pegar reavaliando e reconsiderando, levando em consideração uma opinião muitas vezes drasticamente diferente da sua. Afinal, gerações diferentes, tem ideias e ideais diferentes. Se você estiver aberto a mudanças, pode se surpreender!

Bjoko,

+1

6 comentários:

  1. Estar bem é aceitar que a vida é transitória e, mesmo assim, acreditar que haverá futuro independente da idade cronológica. Falo sobre isso... http://www.gravatacombatom.com.br/2014/05/estar-bem-tem-nome-e-forma.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a idade é o menor dos problemas das pessoas. A gente precisa viver bem e ser feliz não importa quanto tempo temos nessa Terra, né? É isso que eu busco todos os dias! ;)

      Excluir
  2. Arrasou Isabella! E desde quando amor tem como parâmetro idade, não é mesmo? Implica muito mais em parceria, companheirismo, fidelidade, admiração e tantas outras coisas, que idade passa a ser um mero detalhe ;-) Desejo felicidade e muito amor todos os dias para vcs, e o resto... bem... É apenas o resto rsrs
    Beijos^.^
    http://thathabulle.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assino em baixo, Thatha! Obrigada pelas coisas lindas que desejou pra gente1 <3

      Excluir
  3. Eu acho válido a experiência e não tenho preconceito
    Mas você deve saber e devia saber desde o início que nem tudo são flores .
    Existe sim nesta relação ( em qualquer relação é claro) o ônus e o bônus .
    E os comentários das pessoas , é somente um deles .
    E se você estava disposta a pagar o preço , deve entender isso.
    Desejo sucesso e felicidade ao casal .
    abs
    Kiko

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Nem tudo são flores mesmo. Mas acho que é assim com todo casal, nada muito diferente. E sim, eu me preparei bastante pros comentários desagradáveis das pessoas e ele tbm. Rsrs... Às vezes ainda me chateio com alguns mais maldosos, mas no geral não me afetam mais.

      Obrigada pelas boas energias! <3

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Tecnologia do Blogger.